13 frases incríveis de “Intocáveis”, um filme que emocionou muita gente pelo mundo



Intocáveis (Intouchables) é um filme francês de 2011 que conseguiu tocar o coração dos espectadores ao redor do mundo.

O longa é baseado em uma história real e narra um caso incrível de amizade entre um milionário tetraplégico e seu cuidador, um problemático jovem morador do subúrbio.

Vídeo YouTube (inscreva-se no canal)




O MestreSabe traz para você 13 dos melhores momentos desta obra de arte; fragmentos de diálogos, frases reflexivas, momentos de lucidez e humor sem igual.


1. Só me resta a cabeça para me elevar. Quando a dor me deixa em paz, me resta o espírito. Minha verdadeira deficiência não é estar na cadeira de rodas. É estar sem ela.

2. Talvez eu seja ingênuo, mas ainda espero poder seduzir com algo além da minha conta bancária.

3. Música que não se dança não é música para mim.

4. - Onde você encontra um tetraplégico?
- Não sei. Onde?
- Onde você o deixou.

5. - Faça primeiro uma aproximação intelectual, emocional. Em vez de focar apenas no físico, procuro uma relação de espírito para espírito.
- De espírito para espírito tudo bem, mas e se for uma assombração? Seria uma relação de espírito para assombração.



6. É preciso saber tirar proveito de uma desgraça, e não deixar-se vencer por ela.

7. -Diga, Driss, por que você acha que as pessoas se interessam por arte?
- Não sei, é um negócio.
- Não. É porque é a única coisa que permite deixar uma marca no mundo.

8. -Você sabe, os rapazes dos subúrbios não têm piedade. Isso é tudo.
-É isso o que quero, que não tenham piedade de mim.

9. Agora é a minha vez. Já ouvimos os clássicos. Vamos ouvir minha música: “Earth, Wind & Fire".

10. -Aonde vamos?
-Respirar um pouco.



11. Às vezes você deve entrar no mundo do outro para descobrir o que falta no seu.

12. Você é grande, corpulento, tem dois braços, duas pernas, um cérebro que funciona, está bem de saúde. Todo o resto, agora, hoje, no meu estado, como você diz... de onde você vem, o que já fez antes, não me importam nem um pouco.

13. - Se acontece comigo, eu me mato.

- Se matar também é difícil para um tetraplégico.
- É mesmo. Caramba, maldição!

Estes são os verdadeiros Driss e Philippe, cuja amizade inspirou o filme, e sua história ficará na memória de todos:


Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Como adicionar Gadget e Widget flutuante na barra lateral do Blog

Significado do piercing na língua