Os Livros Apócrifos e Apocalípicos 2

Capítulos - Os Livros Apócrifos e Apocalípticos : 2

a) Os apócrifos propriamente ditos O livro 1 de Esdras é uma narração fragmentária dos acontecimentos lembrados no livro canônico de Esdras, juntamente com a história dos três cortesãos, um dos quais se chama Zorobabel e que teve papel preponderante na festa de Dario. O livro 2 de Esdras não passa dum apocalipse do primeiro século da era cristã, de certo modo o mais trágico de todos os apocalipses. Tobias é uma história romântica que nos fala da sepultura dos mortos e do casamento de Tobias. Foi escrito provavelmente nos fins do século III A.C. Judite é outra obra de ficção a propósito da libertação duma cidade do exército assírio. Não vai além da época dos macabeus (cerca de 150 A. C.). O descanso de Ester é um apêndice ao livro canônico, e inclui orações e decretos, que vêm tornar mais explícito o caráter religioso do livro. A sabedoria de Salomão é considerado um dos livros mais representativos e mais sublimes da sabedoria hebraica, do período que decorre entre os dois Testamentos, pois supõe-se escrito entre 150 A. C. e o ano 40 da nossa era. O Eclesiástico, também chamado "Sabedoria de Jesus, filho de Siraque", é uma obra do gênero da anterior, embora se julgue ser da autoria dum saduceu e publicada cerca do ano 180 A. C. Baruque forma um livro só com A Epístola de Jeremias, datando o primeiro do século III A. C. e o segundo do século II A. C. Ambos se destinam a combater a heresia. Apêndices ao livro de Daniel conhecem-se três: A história de Susana condenada à morte e defendida pelo jovem Daniel; A oração de Azarias e o Cântico dos três santos mancebos lançados à fornalha ardente; e por fim Bel e o Dragão, duas narrativas separadas contando como Daniel desacreditou os sacerdotes de Bel e desmascarou o deus-dragão. A oração de Manassés, é um grito de arrependimento proferido pelo rei que tem este nome e baseado em #2Cr 23.12 e segs., escrito provavelmente no século II A. C. O livro 1 Macabeus narra a luta dos judeus, chefiados pelos filhos de Matatias, contra Antíoco Epífanes e seus sucessores. Há quem suponha que o autor é contemporâneo dos acontecimentos que relata. O 2 Macabeus continua o anterior e expõe, num estilo primoroso, as façanhas de Judas Macabeu. b) Os livros pseudepígrafos O mais importante apocalipse deste gênero de obras é, sem dúvida, o Livro de Enoque (1 Enoque), embora não se saiba se atribui-lo a uma determinada época ou a uma acumulação gradual de tradições atribuídas a Enoque entre o ano 200 A. C. e as primeiras décadas do século I da nossa era. O certo é que se trata duma obra que trouxe uma contribuição especial ao conceito do Messias celeste e o Filho do Homem. O Livro dos Jubileus comenta o Gênesis, frisando que a Lei foi observada desde os mais remotos tempos e dividindo a história em períodos de jubileus, isto é, quarenta e nove anos (sete semanas de anos). Data aproximadamente de cerca do ano 100 A. C. Os testamentos dos doze patriarcas devem ser uma obra contemporânea da anterior, cujo objetivo é apresentar os últimos conselhos e profecias de cada um dos doze filhos de Jacó, quando moribundos. Os oráculos sibilinos são obras judaicas que, à imitação das profecias pagãs de Sibila, pretendem divulgar o pensamento hebraico entre os gentios. Não vão além do século II A. C. A Assunção de Moisés deve ter sido publicada no tempo de Cristo e procura narrar a história do mundo, em forma de profecia, desde Moisés até ao tempo do autor. O livro dos Segredos de Enoque (2 Enoque) supõe o 1 Enoque e, embora se apresentem outras datas posteriores, não deve ir além do ano 50 da nossa era. Descreve pormenorizadamente os sete céus e antecipa em mil anos o reinado de Deus na terra. O Apocalipse Siríaco de Baruque (2 Baruque) depende, sem dúvida, de 2Ed, e há quem pretenda atribuí-lo ao escriba de Jeremias. Foi escrito nas últimas décadas do século I da nossa era. O Apocalipse Grego de Baruque (3 Baruque), se bem que tenha certas afinidades com o anterior, é completamente independente e atribui-se-lhe uma data posterior. Os Salmos de Salomão abrangem dezoito salmos que no fim de contas são da autoria dum fariseu, e remontam à segunda metade do século I da era cristã. O estilo não difere do dos salmos canônicos. O 3 Macabeus falanos da tentativa de massacre dos judeus no reinado de Ptolomeu Filopator (222-205 A. C.) e termina com a vingança triunfante do povo escolhido. O 4 Macabeus é um tratado filosófico a ilustrar a tese do autor no caso dos mártires macabeus. A Carta de Aristeas descreve as supostas circunstâncias em que se fez a tradução da Bíblia hebraica para o grego. O Martírio de Isaías, como o título sugere, afirma que Isaías foi serrado ao meio. Há quem julgue ter sido escrito no século I da nossa era, mas é muito provável que a obra que o inspirou-A Ascensão de Isaías -seja inteiramente cristã e, portanto, muito posterior. Os Livros de Adão e Eva prestam inúmeras informações acerca da vida dos nossos primeiros pais e supõe-se terem sido publicados no século I da era de Cristo. Pirke Aboth, ou "As Sentenças dos Pais" são uma coleção de provérbios da autoria de rabis célebres, compilados desde o século III A. C. até ao século III da nossa era. A História de Aicar contém uma lenda do século V A. C. acerca das aventuras daquele sábio, muito em voga naquele tempo. Os fragmentos Zadoquitas, são relatos dum partido judaico que teve origem numa separação dos saduceus. Datam dos últimos anos A. C. ou dos primeiros da nossa era. O Apocalipse de Abraão e o Testamento de Abraão, do século I da era cristã, São obras judaicas com passos de literatura do Cristianismo. As Vidas dos Profetas, conforme o título, são narrações biográficas dos profetas, da mesma data que os dois livros anteriores, e do mesmo modo divulgado pelos cristãos. O Testamento de Jó, se bem que de somenos importância, supõe-se ter sido escrito no século I A. C.


Os Livros Apócrifos e Apocalípticos 1   Os Livros Apócrifos e Apocalípticos  2 Os Livros Apócrifos e Apocalípticos 3  

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Como adicionar Gadget e Widget flutuante na barra lateral do Blog

Significado do piercing na língua

Este gatinho amputado ganhou patas biônicas, e você tem que ver ele andando novamente