O Segundo Livro de Adão e Eva 17

Capítulos - O Segundo Livro de Adão e Eva : 17

1 Então Jared seguiu a ordem de seu pai e ergueu-se como um leão sobre seu povo. Ele instruía-o em justiça e inocência, e ordenou-lhe que nada fizesse sem aconselhar-se com ele. Pois receava que pudesse ir ter com os filhos de Caim.
2 Por causa disso dava-lhes ordens repetidamente; e continuou a fazê-lo até o fim de quatrocentos e oitenta e cinco anos de idade.
3 Ao final desse período, aconteceu-lhe o seguinte sinal. Como Jared postava-se como um leão defronte aos corpos de seus ancestrais, orando e prevenindo seu povo, Satã invejou-o e forjou uma linda visão, porque Jared não permitia que seus filhos fizessem qualquer coisa sem a sua anuência.
4 Satã então apareceu-lhe com trinta homens da sua hoste, na forma de belos homens; sendo o próprio Satã o mais velho e o maior dentre eles, com uma bela barba.
5 Eles pararam à boca da caverna e chamaram por Jared, para que saísse a seu encontro.
6 Ele saiu a seu encontro e achou-os com a aparência de belos homens, cheios de luz e de grande beleza. Admirou sua beleza e sua aparência; e pensou consigo mesmo se eles poderiam ser filhos de Caim.
7 Ele também disse em seu coração: "Como os filhos de Caim não podem subir ao alto desta montanha, e nenhum deles é tão belo como estes parecem ser; e dentre estes homens não está nenhum da minha parentela, estes devem ser os estranhos".
8 Então Jared e eles trocaram saudações e ele disse ao mais velho dentre eles: "O meu pai, explica-me a maravilha que há em ti, e dize-me quem são estes contigo; pois me parecem estranhos".

9 Então o mais velho se pôs a chorar, e os outros choraram junto; e ele disse a Jared: "Eu sou Adão, a quem Deus criou primeiro, e este é Abel meu filho, que foi morto por seu ir-mão Caim, cujo coração Satã incitou que o matasse.
10 "Depois, este é meu filho Seth, que eu pedi ao Senhor, que me deu para consolar-me no lugar de Abel.
11 "Depois, este aqui é meu filho Enós, filho de Seth, e aquele outro é Cainã, filho de Enós, e aquele outro ainda é Malaleel, filho de Cainã, teu pai."
12 Mas Jared continuou espantado com sua aparência, e com o que o mais velho lhe falava.
13 Então o mais velho disse-lhe: "Não estranhes, ó meu filho; nós vivemos na terra ao norte do jardim, a qual Deus criou antes do mundo. Ele não queria nos permitir viver lá, mas nos colocou dentro do jardim, abaixo do qual vós estais morando agora.
14 "Mas depois que eu desobedeci, Ele me fez sair de lá e deixou-me morar nesta caverna; grandes e dolorosos sofrimentos me aconteceram; e quando minha morte aproximou-se, eu ordenei a meu filho Seth que cuidasse bem de seu povo; e esta minha ordem deve ser passada de um para o outro, até o fim das gerações vindouras.
15 "Mas, ó Jared, meu filho, nós vivemos em belas regiões, ao passo que vós viveis aqui na miséria, como este teu pai Malaleel me informou; contando-me que um grande dilúvio virá e destruirá a terra inteira.
16 "Portanto, ó meu filho, receando por vós, levantei-me e levei meus filhos comigo, e vim até aqui para visitar-te e a teus filhos: mas eu te encontrei em pé nesta caverna, chorando, e teus filhos espalhados por esta montanha, no calor e na miséria.
17 "Mas, ó meu filho, ao nos perdermos ao caminharmos até aqui, encontramos outros homens abaixo desta montanha; que habitam um lindo país, cheio de árvores e de frutas, e de toda a espécie de vegetais; é como um jardim; de maneira que ao encontrá-los pensamos que éreis vós; até que teu pai Malaleel contou-me que eles não o eram.
18 "Agora, portanto, ó meu filho, ouve meu conselho e desce até eles, tu e teus filhos. Vós descansareis de todo esse sofrimento em que estais. Mas caso tu não queiras descer até eles, então levanta-te, toma teus filhos, e vem conosco ao nosso jardim; vós vivereis em nossa linda terra, e repousareis de toda esta aflição, que tu e teus filhos suportais agora."
19 Jared, então, ao ouvir este discurso do mais velho, surpreendeu-se e se pôs a andar de lá para cá, mas naquele momento não encontrou nenhum de seus filhos.
20 Então ele respondeu e disse ao mais velho: "Por que vos escondestes até hoje"?
21 E o mais velho retrucou: "Se teu pai não nos tivesse contado, nós não saberíamos".
22 Então Jared tomou suas palavras como verdadeiras.
23 Assim, aquele mais velho disse a Jared: "Para que procuraste em tua volta"? E ele disse: "Eu estava procurando por um de meus filhos para contar-lhe que eu vou convosco, e para que eles desçam até aqueles de quem tu me falaste".
24 Quando o mais velho ouviu a intenção de Jared, disse-lhe: "Deixa este propósito por ora e vem conosco; tu verás nosso país; caso a terra onde moramos te agradar, nós e tu retomaremos aqui e levaremos tua família conosco. Mas se o nosso país não te agradar, tu voltarás a teu próprio lugar".
25 E o mais velho apressou Jared que fosse antes que um de seus filhos viesse e o aconselhasse a não fazê-lo.
26 Jared, então, saiu da caverna e foi com eles, e no meio deles. E eles consolaram-no até que chegaram ao topo da montanha dos filhos de Caim.
27 Então o mais velho disse a um de seus companheiros: "Nós esquecemos algo na entrada da caverna, e que é a vestimenta escolhida que trouxemos para vestir Jared".
28 Ele então disse a um deles: "Alguém volte; e nós esperaremos aqui. Então vestiremos Jared e ele será como nós, bom, bonito e adequado para vir conosco para nosso país".
29 Então aquele voltou.
30 Mas quando ele estava a uma curta distância, o mais velho chamou-o e disse-lhe: "Espera até que eu chegue e fale contigo".
31 Então ele parou e o mais velho aproximou-se dele e disse-lhe: "Uma coisa esquecemos na caverna, é isto: apagar a lamparina que queima lá dentro, acima dos corpos que lá estão. Em seguida volta a nós, rápido".
32 Aquele partiu e o mais velho voltou para junto de seus companheiros e de Jared. E eles desceram da montanha, e Jared com eles; e ficaram junto a uma fonte de água, próximo às casas dos filhos de Caim, e aguardaram o seu companheiro até que ele trouxesse a vestimenta para Jared.
33 Aquele, então, que voltara à caverna, apagou a lamparina e voltou para junto deles e trouxe uma ilusão consigo e mostrou-a a eles. E quando Jared a viu, admirou sua beleza e graça, e alegrou-se em seu coração acreditando que era tudo verdadeiro.
34 Mas enquanto eles ali estavam, três deles entraram nas casas dos filhos de Caim, e disseram-lhes: "Trazei-nos hoje algum alimento até a fonte de água, para nós e nossos companheiros comermos".
35 Mas, ao verem-nos, os filhos de Caim surpreenderam-se com eles e pensaram: "Estes são bonitos de se olhar, e tais como nunca vimos antes". Assim eles se levantaram e foram até a fonte de água, para ver seus companheiros.
36 Então os acharam tão bonitos, que se puseram a clamar alto pela vizinhança para que outros se juntassem e viessem ver aqueles belos seres. Então rodearam-nos, homens e mulheres.
37 Em seguida o mais velho disse-lhes: "Nós somos estrangeiros em vossa terra, trazei-nos alimento e bebida, vós e vossas mulheres, para refazermo-nos convosco".
38 Quando aqueles homens ouviram essas palavras do mais velho, cada um dos filhos de Caim trouxe sua mulher, e outro trouxe sua filha, e assim, muitas mulheres vieram ter com eles; cada um dirigindo-se a Jared ou em favor de si mesmo ou de sua mulher; todos iguais.
39 Mas quando Jared viu o que eles faziam, até sua alma retraiu-se; ele nem queria provar do alimento ou da bebida deles.
40 O mais velho viu-o retrair-se deles e disse-lhe: "Não fiques triste; eu sou o grande chefe, assim como me verás fazer, faze-o tu da mesma maneira".
41 Então ele estendeu suas mãos e tomou uma das mulheres, e cinco de seus companheiros fizeram o mesmo perante Jared, para que ele fizesse como eles.
42 Mas ao vê-los agindo com infâmia, Jared chorou e disse consigo mesmo: "Meus ancestrais nunca fizeram nada parecido".
43 Ele então estendeu suas mãos e orou com coração ar-dente, e com muito lamento, e suplicou a Deus que o livrasse daquelas mãos.
44 Tão logo Jared começou a orar, o ancião fugiu com seus companheiros; pois eles não podiam permanecer num local de oração.
45 Em seguida Jared voltou-se mas não os viu mais, porém achou-se no meio dos filhos de Caim.
46 Ele então chorou e disse: "Ó Deus, não me destruais junto com esta raça, contra a qual meus ancestrais me preveniram; pois, ó meu Senhor Deus, pensei que aqueles que me apareceram eram meus ancestrais; mas agora descobri serem demônios que me iludiram com sua aparência bonita até eu acreditar neles.
47 "Mas agora eu Vos peço, ó Deus, que me livreis desta raça, no meio da qual estou agora, como Vós me livrastes daqueles demônios. Enviai Vosso anjo para que me tire do meio deles; pois eu sozinho não tenho força para escapar-lhes."
48 Quando Jared terminou sua oração, Deus enviou Seu anjo até o meio deles, que pegou Jared e colocou-o sobre a montanha, e indicou-lhe o caminho, aconselhou-o, e então o deixou.


O Segundo Livro de Adão e Eva 16 O Segundo Livro de Adão e Eva 17  O Segundo Livro de Adão e  18

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Como adicionar Gadget e Widget flutuante na barra lateral do Blog

Significado do piercing na língua

Este gatinho amputado ganhou patas biônicas, e você tem que ver ele andando novamente