NO RJ PASTELARIAS FECHAM APÓS COMPROVAÇÃO DE TRABALHO ESCRAVO E POR SERVIR CARNE DE CACHORRO

Após investigações a respeito de trabalho escravo nas pastelarias do Rio de Janeiro, em um dos estabelecimentos conhecido como 'Parada do Lucas' foi encontrado um trabalhador chinês em condições de escravidão e vivendo em situação totalmente precária. 

A procuradora do caso, Guadalupe Louro Couto, afirmou que aquela provavelmente foi a pior semana da vida dela e que as condições do trabalhador eram absurdas, o mesmo sofria torturas diariamente. Incluindo um caso em que o patrão veio a jogar uma panela quente nas costas do funcionário que foi hospitalizado após os vizinhos ouvirem os gritos e chamarem a polícia.
No local também foram encontrados cães congelados dentro de caixas de isopor que, provavelmente, seriam utilizados para o preparo de salgados. 
A vítima foi resgatada e está sob proteção da polícia, que acredita que ele possa ser morto por quadrilhas que fazem tráfico de pessoas, que trazem esses trabalhadores da China com esperança de condições de vida melhor e os tratam como escravos ao chegarem no Brasil, sem que eles tenham a opção de voltar para casa.



Postagens mais visitadas deste blog

Significado do piercing na língua

Como adicionar Gadget e Widget flutuante na barra lateral do Blog

Certa vez perguntaram a Albert Einstein: “Qual é a sensação de ser o homem mais inteligente a estar vivo? A resposta de Einstein foi: “eu não sei, você tem de perguntar ao Nikola Tesla”

Arvore

Botânica